Mudando de assunto – Enzima lactase

Hoje vou falar mais um pouco sobre intolerância a lactose, na verdade mais especificamente sobre um produto que uso e que me ajuda muito, a enzima lactase.

image

Como comentei neste post aqui, quando descobri a IL sofria muito por não poder consumir mais os alimentos que faziam parte da minha vida.
Descobrir que eu não podia mais comer chocolate e queijo, por exemplo, era o que mais me torturava, e foram duas coisas que não consegui tirar da dieta.
Tem chocolates sem lactose sim, mas pra mim não é a mesma coisa que um chocolate normal, digamos assim.

Mas voltando a enzima.

A lactase é a enzima responsável pela hidrólise da lactose (quebra da lactose em galactose e glucose). É justamente a deficiência na produção desta enzima pelo nosso organismo que é a causa principal da intolerância à lactose.

A enzima faz com que um IL consuma algo que contenha lactose e não tenha os sintomas.
E achando a dose certa de enzima de fato, pelo menos pra mim, não tenho os sintomas mesmo.

Vale ressaltar que a enzima lactase não é um remédio e sim um suplemento nutricional.
Por conta disso não da pra saber exatamente qual a dose que cada organismo precisa. Lembram que comentei no outro post que o médico tinha me dito isso e até me orientado a não usar?
Mas eu sou teimosa e queria ter uma opção pra que pudesse voltar a ter vida social normalmente.

Essas enzimas são produtos importados, e as minhas eu sempre pedi pra alguém que tivesse indo pra fora do Brasil trazer pra mim.
A mais comum, acho eu, e a que eu uso é a Lactaide Fast Act. Ela é encontrada facilmente em farmácias e tem um preço bem ok.

Então lá fui eu pra fase de adaptação das enzimas.
Você deve ingerir a cápsula de lactase juntamente com o alimento que for consumir, logo na primeira porção.

No começo eu tomava uma cápsula e saia comendo tudo que via pela frente, como se não houvesse amanhã. Resultado: passava mal.
Depois tomava duas cápsulas pra comer uma fatia de bolo, por exemplo, e não sentia nada.
Daí pensei, é só eu tomar uma enzima e comer uma fatia de bolo, e se quiser fazer a gulosa, tomo duas cápsulas de uma vez, ou duas em diferentes momentos.
Ou seja, fui fazendo testes pra ver o que funcionava pra mim.

E não, fazer da enzima sua aliada e usar toda hora não é o indicado, por que segundo estudos, a constante ingestão de lactose faz que com o o organismo esteja sempre irritado.
O correto é saber moderar, como tudo na vida.

Peguei informações pra esse post no blog www.semlactose.com, que inclusive tem muita informação boa, muita receita, muita coisa legal, vale a visita.

Eu deixo enzima na carteira, nas bolsas, na carreira do marido, em todo lugar, porque nunca sei quando posso precisar e não consigo resistir e não comer hahaha.

Lembrando que a Enzima funciona pra mim, pro meu organismo. O que funciona pra mim pode não funcionar pra você, pro seu organismo.
Converse com seu médico, com pessoas IL, pesquise bastante e veja o que é melhor pra você.

Por: Thabata Wyna

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s